Copywriting: conheça 6 técnicas de estímulo para vender mais

Copywriting

Copywriting é uma estratégia de produção de textos que tem o objetivo de convencer o leitor a realizar determinadas ações, como comprar um produto ou até mesmo se cadastrar para baixar o material, assinar a newsletter e assim por diante.

Essa ação costuma ser realizada pelos setores de marketing e vendas, tanto dentro quanto fora dos canais digitais.

A produção de conteúdos se tornou uma estratégia fundamental para qualquer negócio que queira se destacar e construir uma boa posição na internet. Muitas empresas investem nessa prática, mas ser persuasivo é outra coisa.

O gestor precisa se perguntar se os materiais desenvolvidos pelo negócio são capazes de convencer o público, usando as palavras estrategicamente. Os conteúdos precisam encantar e convencer o leitor a seguir todas as ações indicadas.

Uma empresa que consegue fazer isso domina todas as habilidades para desenvolver um bom copywriting. Saber trabalhar dessa forma faz toda a diferença para os resultados das estratégias de marketing.

Pensando nisso, neste artigo, você vai entender o conceito de copywriting, quais são as técnicas de gatilhos para fazer uma boa copy e como se tornar um bom profissional na área.

Entenda o que é copywriting

Copywriting é uma estratégia de produção de conteúdo que tem como objetivo convencer o usuário a realizar uma ação esperada.

Quando a empresa desenvolve uma copy, precisa colocar seu caráter persuasivo em primeiro lugar e utilizar gatilhos que despertam o interesse no leitor, aumentando, assim, o número de conversões e vendas.

Um dos principais elementos de uma boa copy é o CTA, sigla para Call To Action, ou “chamada para ação” em português, que serve para orientar o leitor quanto ao que ele precisa fazer.

Um fabricante de chips ceramicos abrasivos pode pedir para que ele assine a newsletter, faça o download de um material ou continue a leitura em outra publicação do blog. A ação depende da estratégia estabelecida.

Mas, independentemente de qual seja o objetivo, o copywrite, que é o profissional que escreve a copy, precisa usar argumentos bons o suficientes para convencer o leitor e prender sua atenção.

Ele será responsável por educar e capacitar a persona em relação aos produtos e serviços, e deixar claro porque as soluções da marca são as melhores opções para a sua necessidade. Isso acontece por meio da produção de materiais ricos, como:

  • Posts;
  • Infográfico;
  • E-book;
  • Whitepaper;
  • Webinar.

Mas, para alcançar seus objetivos, o copywriter precisa fazer uso de alguns gatilhos mentais e técnicas indispensáveis para o copywriting.

Melhores técnicas e gatilhos para a copywriting

Existem alguns elementos que são fundamentais para criar uma boa copy. Dentre as técnicas mais importantes, estão:

1. Saber quem é o público

A primeira coisa que uma empresa de conserto em parabrisa precisa saber é quais são as características de seu público, ou seja, as pessoas para as quais o material se destina.

Comece definindo a persona do negócio, que nada mais é do que um personagem semi fictício que representa o cliente ideal da empresa.

Entre as informações mais importantes sobre ela estão o gênero, idade, profissão, interesses, dentre outros aspectos. Com base nessas informações, fica mais fácil criar um conteúdo para os potenciais clientes e com a abordagem mais adequada.

 

2. Conectar-se ao leitor

Para se conectar ao leitor, é indispensável criar uma relação de confiança. Enquanto estiver planejando o texto, liste algumas estratégias que vão fazer com que o usuário sinta que o material foi escrito para ele.

Tenha em mente que o negócio não vai simplesmente vender o produto ou serviço, mas mostrar ao visitante alguns materiais educativos que vão falar exatamente sobre aquilo que ele precisa.

3. Usar números de pesquisas

Usar números e pesquisas é uma estratégia que ajuda a comprovar as informações que estão sendo passadas dentro do texto, o que aumenta sua credibilidade.

Por exemplo, o site de uma empresa de logística pode usar uma pesquisa que mostre quantas pessoas preferem utilizar caminhão de mudança pequeno ao invés de veículos maiores.

Mas é muito importante linkar o endereço de onde a informação foi retirada, pois assim o leitor pode comprovar os números e pesquisas que você citou.

Além dessas técnicas, existem gatilhos mentais que também precisam ser inseridos em uma boa copy. Dentre eles, estão:

4. Senso de urgência

Algo muito comum no ser humano é procrastinar uma decisão, a não ser que seja algo urgente. Nem do texto chamar a atenção do usuário e envolvê-lo até o final, precisa fazer com que tome uma atitude rápida, pois isso gera conversão.

Existem algumas expressões que ajudam a criar senso de urgência, como “encontre uma auto escola mais próxima agora mesmo”.

5. Senso de exclusividade

A internet está cheia de conteúdos e, independentemente de qual seja o assunto, vai ser muito fácil encontrar blogs e outros canais que falam sobre ele, trazendo muitas informações e dicas.

Nesse sentido, os usuários não querem consumir conteúdos que sejam mais do mesmo, sendo fundamental utilizar o senso de exclusividade.

O ser humano se comporta de acordo com alguns princípios psicológicos que o levam a tomar decisões de maneira quase automática, e o senso de exclusividade é um deles.

6. Senso de escassez

Por fim, o senso de escassez causa a sensação de que algo muito bom não está disponível para todos ou que a pessoa está prestes a perdê-lo.

A tendência do ser humano é valorizar coisas escassas, por isso, dentro de seus materiais, vale a pena trabalhar esse gatilho.

Como se tornar um bom copywriter

Os profissionais que trabalham nessa área precisam desenvolver algumas habilidades importantes para criar materiais realmente convincentes e persuasivos. Algumas formas de fazer isso, são:

1. Estimular a criatividade

Não importa se você vai escrever sobre uma creche boa pra cachorro ou qualquer outro assunto, o fato é que trabalhar com copywriting exige muita criatividade e o profissional precisa se manter longe de plágios e citações sem referências.

Sem falar no fato que a cópia de conteúdo gera punições por parte dos buscadores e ainda pode causar problemas jurídicos para o profissional, afinal, plágio é crime.

Mas, no que diz respeito à criatividade, procure se manter atualizado em relação às tendências e tente apresentá-las ao cliente de maneira inovadora, destacando um diferencial.

Um texto nunca nasce do nada, a não ser que seja uma história criada, fora isso, não há problema algum em utilizar fontes seguras para embasar a copy.

2. Desenvolver a persuasão

Além de criar o material criativo, é fundamental que ele seja capaz de vender uma ideia, sem falar no fato de que o objetivo do copywriting é justamente isso.

Por essa razão, o copywriter contratado por uma empresa especializada em suspensão automotiva precisa trabalhar seu poder de persuasão.

Uma das formas de fazer isso é por meio de um CTA instigante, além de criar um texto que seja capaz de cativar o leitor até o fim.

Crie títulos e intertítulos chamativos, sempre usando verbos de ação no imperativo, visto que são capazes de despertar o senso de urgência no usuário.

3. Considerar o grau de complexidade

Um conteúdo de 500 palavras não consegue se aprofundar em determinado assunto da mesma forma que um texto de três mil palavras, mas isso não significa que somente textos muito longos devam ser trabalhados.

Na verdade, uma empresa de gravação de medalhas pode produzir materiais de tamanhos diferentes, bem como de complexidades distintas.

O importante é que eles respeitem as etapas do funil de vendas e entregue conteúdos relevantes para todos os leads. Outra dica é utilizar textos complementares para aprender ainda mais a atenção do leitor.

4. Descrever as experiências

É importante caracterizar os produtos e serviços da empresa, principalmente se o conteúdo é destinado para os leads que estão em fases mais avançadas no funil de vendas.

Mas lembre-se de que o mais importante para os leitores é compreender os benefícios que a solução, como impressão de planta baixa, pode trazer para eles.

Nesse contexto, o foco principal deve ser vender a experiência do consumidor com a empresa e procurar convencer o usuário, por meio dos aspectos emocionais.

5. Ir direto ao ponto

As pessoas sabem quando estão sendo enroladas e quando o material não é capaz de trazer a resposta que estão procurando.

Evite em relações ao longo do texto e procure ser o mais objetivo possível, além de trabalhar com estrutura escaneável que ajuda o leitor a encontrar rapidamente o que ele procura.

Considerações finais

Em suma, o copywriting é uma estratégia fundamental para o planejamento de marketing, tanto dentro quanto fora da internet.

É por meio desses textos que a empresa convence as pessoas em relação aos seus produtos e serviços, e consegue persuadi-las a realizar uma ação que esteja de acordo com seus objetivos.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.




Quer saber como melhorar o posicionamento do seu site?
Ou, talvez você queira apenas fazer o seu melhor #anunciodevenda ...
SIM. QUERO SABER MAIS!


No Blog do Convidar publicamos dicas de como anunciar mais com anúncios de vendas mais eficientes. Da mesma forma, dicas de como fazer propaganda grátis na internet de maneira muito fácil.

Como funciona | Nossos Serviços | Análise gratuita  |  Fale Conosco  |  Anuncie Melhor  |

Certamente, gostaríamos de saber sua opinião, suas dicas e comentários. Aproveite o espaço abaixo reservado para a pessoa mais importante no nosso trabalho. Você!

 

Obrigado por nos visitar. Deixe uma opinião ou mensagem, isso nos ajuda a melhorar esse espaço

A PUBLICIDADE

É CRUCIAL PARA O SEU NEGÓCIO?
CONHEÇA O PIN!

 
A solução de marketing para empresas e pessoas fazerem mais negócios
Que tal alcançar uma fatia maior do seu mercado consumidor?
Projeto
close-link
Scroll to Top
%d blogueiros gostam disto: