3 tendências para o E-Commerce em 2023

e-commerce

Nos últimos anos, o e-commerce evoluiu tanto que já não é possível ignorar sua importância dentro do universo corporativo, seja qual for o tipo de empresa. Afinal, a marca que ignora as tendências corre um sério risco de ficar para trás.

Claro que negócios cujo produto ou serviço estão totalmente atrelados ao mundo digital têm ainda mais sinergia com o e-commerce.

Como no caso de softwares que rodam online (SAAS)ou serviços de suporte remoto, para ficar em apenas dois exemplos.

Contudo, engana-se quem pensa que somente essas soluções podem ser importantes ou se tornar tendência na web ou da internet na totalidade.

Na verdade, mesmo produtos tradicionais e que serão sempre físicos têm seu espaço aqui.

Basta considerar como plataformas de venda de alimentos, ou de prestação de serviços como manutenção de ar condicionado de janela, têm crescido nos últimos anos. Isso porque a internet também pode fazer uma ponte entre o público e a empresa.

Ou seja, seus diversos canais de acesso e divulgação podem conectar pessoas de todos os cantos do mundo, com os mais distintos interesses.

Para isso há motores de busca, marketplaces, redes sociais e muitas outras plataformas similares.

Inclusive, até poucos anos atrás, o brasileiro médio ainda tinha muito medo de comprar algo pela internet, no sentido de temer as fraudes e golpes.

Mas isso mudou consideravelmente nos últimos dois ou três anos, fazendo a internet crescer bastante.


Leia também:

site

6 passos criar um site para seu negócio

Um site é um ativo importante para qualquer negócio. Com os websites,…

Leia mais

Sobre o crescimento do E-Commerce

Segundo pesquisa da Ebit/Nielsen, uma das maiores referências do setor digital, apenas do ano de 2020 para cá, o comércio eletrônico nacional cresceu mais de 56%, quando foi tomado como um todo sem segmentação.

Na prática, isso significa que ele mais do que dobrou, trazendo cerca de 40 milhões de novos compradores, que nunca haviam consumido nada pela internet. Além de uma movimentação que supera a casa dos R$ 160 bilhões.

Isso se reflete em cada cotação ou pesquisa que é feita com finalidades comerciais.

Para ter uma noção, basta abrir um motor de busca como Google, Bing ou Yahoo, e digitar algo como serviços de pinturas comerciais em São Paulo.

Em uma fração de segundos aparecem centenas ou mesmo milhares de resultados.

Muitos deles com a opção de GPS ativa, de modo que o celular pode ajudar você a chegar ao estabelecimento mais próximo que faz esse tipo de serviço.

Por outro lado, ainda há muito que aprender nesse meio.

Tanto que ainda é muito comum alguns confundirem o próprio termo e-commerce. Já que em tradução livre ou direta ele pode significar apenas “comércio eletrônico”.

Mas acontece que, no Brasil, o e-commerce acabou se tornando sinônimo de loja virtual.

Ou seja, de plataforma específica de uma única marca, em contraste com os marketplaces e demais plataformas comerciais que são multimarcas.

Basicamente, é como se o e-commerce fosse uma loja única que uma marca alugou em uma avenida.

Ao passo que os marketplaces representam algo como uma galeria ou shopping center, que recebe várias marcas, inclusive concorrentes.

Ou seja, quando uma empresa de coberturas para festas anuncia seus serviços em algum aplicativo que não é seu, ela vai acabar dividindo espaço com outras empresas, que também podem prestar o mesmo serviço de lavagem a domicílio.

Ao passo em que se ela desenvolver um e-commerce e tiver um site próprio, ela se torna dona exclusiva daquele espaço, podendo determinar arbitrariamente questões como formas de pagamento, formas de envio, modos de contato e daí em diante.

Falando assim pode parecer fácil identificar qual opção é melhor, mas não se trata de algo tão simples, pois depende muito do caso. Além do mais, ainda que você decida pelo e-commerce, resta saber quais as melhores tendências do setor.

Foi precisamente por este motivo que deliberamos sobre criar este conteúdo específico a respeito das 3 tendências para o e-commerce em 2023.

O que implica trazer alguns conceitos e características fundamentais deste recurso.

Bem como explicar a importância, as vantagens e benefícios de adotar tais medidas.

Daí que a gente também lance mão de vários exemplos bem ilustrativos, demonstrando segmentos reais do mercado, capazes de ajudar quem quer assimilar tudo.

De fato, um dos aspectos mais interessantes disso é justamente o fato de que hoje os e-commerces evoluíram tanto que já podem ajudar qualquer tipo de empresa, seja do nicho de serviços como o das clínicas de fonoaudiologia ou da área de vendas no varejo.

Dito isto, quem tem o interesse de mergulhar de cabeça e entender seriamente as tendências mais promissoras para o meio digital, para investir em algo que realmente possa fazer a diferença, basta que siga até a última linha deste artigo.

Definições e vantagens do e-commerce

Já vimos que o e-commerce é visto, no Brasil, como uma plataforma de venda própria, em oposição às demais que trabalham em modelo multimarcas.

Em termos ainda mais técnicos, trata-se de um recurso digital que simplesmente permite transações de compra e venda ocorrerem remotamente, por meio da internet.

Ou seja, em vez de a pessoa comprar direto com você em sua loja física ou estabelecimento, ela compra pelo site, sem sair de casa.

Também há o formato misto, em que o cliente compra pela internet e retira na loja, mas é menos comum.

Aliás, dos anos 2020 para cá, a tendência tem sido o contrário, como na digitalização do que antes era presencial.

O que pode ir desde o EaD (Ensino à Distância), até serviços como avaliações psicológicas, antes exclusivamente presenciais.

Mas ao falarmos em tendências para o e-commerce, há dois sentidos em jogo. Um deles diz respeito aos segmentos mais comuns e que mais crescem na web, tais como:

  • Roupas e calçados;
  • Celulares e notebooks;
  • Livros e cursos;
  • Brinquedos e passeios;
  • Cosméticos em geral.

Ou seja, são os nichos que as pessoas mais têm procurado. Porém, também podemos falar em tendências como modelo de negócio, o que implica tratar mais das estratégias do que dos produtos ou serviços em questão.

É nesse sentido que vamos abordar aqui, como ao falar dos motores de busca e da pesquisa por voz, dos sites interativos e da realidade aumentada, da geração de conteúdo e das multimídias, entre outras frentes fundamentais.

As vantagens de operar o e-commerce com foco nisso é que você começa a solidificar seu negócio, enxergando não apenas o imediato ou as vendas da semana, mas sim, um empreendimento de médio e longo prazo, bem mais sustentável.

1. A geração de conteúdo

Uma tendência que já vinha crescendo e que deve ganhar protagonismo em 2023 é a do marketing de conteúdo, que consiste em gerar materiais ricos e originais, que agreguem valor à vida dos seus clientes.

De fato, hoje os consumidores querem ganhar algo da marca antes de arriscar seu dinheiro nela, portanto, quem gera os melhores conteúdos sai na frente.

A dica de ouro de uma empresa de Scanner 3D nacional é ir além do óbvio.

Ou seja, não apenas crie um blog e suba artigos semanais, nem se limite às postagens de redes sociais.

Faça e-books, infográficos, slides interativos, lives, podcasts e tudo o mais que a multimídia possibilita.

Essa variedade atrai ainda mais gente e agrada seus leads e consumidores, pois permite que eles consumam o conteúdo em vários horários e circunstâncias.

 

2. Os motores de busca

Ao falar da geração de conteúdo, não podemos esquecer os grandes buscadores, pois ali é a vitrine em que você precisa se destacar para atrair mais gente.

Uma tendência para 2023 é investir ainda mais em anúncios, como os links patrocinados. Sem falar na otimização de páginas, que permite destaque sem pagar por isso.

Para conseguir, leve em conta algoritmos mais modernos, como o fato de que hoje poucas pessoas vão digitar uma palavra-chave como letra caixa iluminada, já que a maioria acessa pelo celular e usa o comando de voz.

Na verdade, todos os parâmetros voltados para o mobile merecem atenção. Outro exemplo é a responsividade, que permite que o usuário visualize bem a tela tanto pelo computador quanto pelo celular, pelo tablet ou mesmo pela televisão.

3. O poder da interatividade

Se tem algo fundamental no mundo dos e-commerces é a interface da plataforma, isto é, o modo como as pessoas podem interagir com ela.

Estamos em uma época em que tendências como a da Realidade Aumentada cresce cada vez mais, então já comece a implementar algo nesse sentido.

Como uma loja de tela sombrite 70, que pode fazer um aplicativo pelo qual a pessoa apenas direciona a câmera do celular para a janela e já vê a tela “instalada” lá, por meio da Realidade Aumentada.

As pessoas querem fazer isso para ver como um tênis fica em seus pés, uma geladeira na sua cozinha, um vaso sobre a mesa, e assim por diante.

Considerações finais

Falar sobre as tendências para o comércio eletrônico em 2023 é algo fundamental, pois algumas inovações estão vindo para ficar.

Acima detalhamos as melhores dicas para fazer seu e-commerce atingir muito mais gente, agradar o público e, claro, vender e lucrar mais do que o ano anterior.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.




Quer saber como melhorar o posicionamento do seu site?
Ou, talvez você queira apenas fazer o seu melhor #anunciodevenda ...
SIM. QUERO SABER MAIS!


No Blog do Convidar publicamos dicas de como anunciar mais com anúncios de vendas mais eficientes. Da mesma forma, dicas de como fazer propaganda grátis na internet de maneira muito fácil.

Como funciona | Nossos Serviços | Análise gratuita  |  Fale Conosco  |  Anuncie Melhor  |

Certamente, gostaríamos de saber sua opinião, suas dicas e comentários. Aproveite o espaço abaixo reservado para a pessoa mais importante no nosso trabalho. Você!

 

Obrigado por nos visitar. Deixe uma opinião ou mensagem, isso nos ajuda a melhorar esse espaço

A PUBLICIDADE

É CRUCIAL PARA O SEU NEGÓCIO?
CONHEÇA O PIN!

 
A solução de marketing para empresas e pessoas fazerem mais negócios
Que tal alcançar uma fatia maior do seu mercado consumidor?
Projeto
close-link
Scroll to Top
%d blogueiros gostam disto: