O que é MIV: As 5 etapas para desenvolver um MIV eficiente

O que é MIV - ilustracao-do-conceito-de-arquivos-de-texto

O MIV de uma marca nada mais é do que um conjunto de elementos que compõem uma presença comunicacional desta para o seu público.

Auxiliando, principalmente, na criação de uma autoridade dentro do mercado e também na facilitação do trabalho inteiro.

Colocar este Manual de Identidade Visual como prioridade para uma empresa é trazer, não apenas uma organização na hora de conceber comunicações visuais, mas também um auxílio para que ela seja compreendida facilmente por aquilo que determina como propósito.

Portanto, no artigo a seguir vamos entender um pouco mais sobre sua relevância e as maneiras que você ou os profissionais responsáveis pela comunicação da sua empresa podem colocar em prática.

Para começar, é importante dizer que a identidade visual é vista nas propostas que a empresa traz para o seu público, em seus propósitos a serem alcançados, na visão e na missão que o negócio tem perante sua atuação, dentre outras características.

E algo importante no trabalho com o público é saber traduzir tudo o que é pensado e idealizado de uma maneira que se torne cada vez mais fácil de ser compreendida. 

Para isso, nada melhor do que trabalhar diretamente na comunicação com o público.

Por exemplo, uma oficina de eletronica embarcada automotiva pode enfatizar em seus comunicados e conteúdos na internet um pouco mais de sua identidade, fazendo uma conexão onde o cliente se sinta atraído e vinculado àquele serviço por esse meio.

Além disso, outro ponto importante e essencial dentro da comunicação é o fator visual, algo que surge antes mesmo de uma marca ser anunciada. 

Geralmente temos o comportamento de notar como aquela marca se porta visualmente, em:

Nesse quesito, a identidade visual é essencial, pois será ela que vai prover o reconhecimento e uma provável adoração por um produto ou serviço que é oferecido, conseguindo ainda atingir o público a comprar ou não naquele local. 

Trazer à tona uma identidade é algo trabalhoso, que muitas vezes necessita de diferentes profissionais envolvidos, tal como designers, atendentes, redatores e outros que possam ser capazes de viabilizar um significado e ajudar a transformar em um aspecto visual.

No entanto, a construção de um significado total fica a critério do próprio designer, sendo o escultor de um formato de comunicação que, além de parecer interessante para o público, tenha a cara e o perfil da empresa contratante, como uma locacao de stand para eventos.

Logo, o MIV nada mais é do que uma junção de todos os elementos que organizam uma identidade visual, de modo a trazer maior eficiência em diferentes sentidos que a empresa pode precisar, como a veiculação de uma publicidade ou uma embalagem nova.

Dentro desse manual, apresentado quase sempre como um documento, existem os guias e as formas de concretizar não apenas a identidade visual, mas também métodos que devem ser seguidos por profissionais da empresa para que possam se comunicar com o público.

Acima conseguimos entender a funcionalidade de um MIV para empresas, e como ele pode auxiliar as equipes nas mais diferentes funções a serem executadas.

Desde uma comunicação em uma postagem do Instagram até a forma de personalização interna.

Porém, um dos principais benefícios da aposta da concepção desse material é justamente a organização que a empresa tem ao entender tudo aquilo que pode ou não ser vinculado àquela marca, provendo uma ajuda para os profissionais responsáveis por esse trabalho.

Por exemplo, se uma empresa deseja modificar uma foto de perfil nas redes sociais em homenagem a um funcionário que faleceu, certamente as cores a serem usadas serão preto e branco, algo tradicionalmente visto em quase todos os casos na mídia social.

No entanto, para que aquela empresa consiga utilizar bem a imagem e o formato das cores, apresentando a logo do negócio de entrega de documento motoboy, ainda assim, é preciso que ela utilize as colorações certas, unidades de uma disposição correta.

Essas informações estão dispostas dentro do manual, de forma a padronizar todas as diferenciações que podem ocorrer ao longo da atuação daquela marca, mantendo sempre a unidade de comunicação, independente da mídia ou do formato a ser criado.

Isso pode ajudar e trazer produtividade às equipes que trabalham com isso, afinal, é uma maneira de já ter em mãos todo o projeto gráfico necessário para mudanças, principalmente no caso de uma promoção de uma empresa em um anúncio promocional.

A prioridade dentro do MIV é o formato da identidade visual, ou seja, as formas de concretização visual de uma marca por meio de cores, tipografia, gráficos, formatos, fotografias e outros itens que possam vir a agregar um conceito fechado do negócio.

Por exemplo, algo comumente encontrado dentro dos manuais de empresas como assistencia tecnica LG smart TV são exemplos de usos para diferentes situações, modificando cores, formatos, tamanhos e uso ou não do slogan do estabelecimento.

Outro ponto claramente contrato dentro do MIV é o tom de voz da marca, que envolve a personalidade que ela dispõe, algo que a diferencia dos seus concorrentes. 

Assim, é possível encontrar formas de conteúdos para redes sociais e também para mídia off.

Isso faz com que a empresa não tenha que correr para um profissional, onde tudo isso será feito novamente. 

Dentro do documento isso tudo já evidenciado, traduzindo ainda o comportamento da empresa diante de seus público e exemplos de como usar isso.

Essa pode ser uma ótima alternativa, inclusive, para a decoração interna de uma empresa, onde geralmente são concebidos papel de parede 3D e adesivos que cobrem as portas de entrada do negócio, mostrando uma identificação para o público que a vê.

Podemos entender que quase todos os itens essenciais do MIV estão ali dispostos a serem utilizados pela empresa posteriormente, ou pontualmente, contribuindo para a identificação feita pelo público em qualquer que seja a mídia ou espaço utilizado.

Sendo assim, vamos conferir abaixo algumas das formas de colocar em prática o desenvolvimento do seu MIV, ainda que você não trabalhe diretamente com design.

Afinal, é sempre interessante que as empresas de gravacao caneta laser saibam lidar com os processos de concepção.

  1. Defina alguns pontos que são essenciais

Pense em tudo aquilo que pode definir o seu produto ou serviço, tais como pontos de identificação vindos do próprio consumidor ou público-alvo, formas de inovação que você ofereça, diferenças de acordo com o que é produzido nos concorrentes, dentre outros.

É ideal que esse levantamento aconteça antes mesmo de você se reunir com os profissionais que vão colocar a identidade visual em prática.

Afinal, pode ajudar em todo o processo e evitar ruídos de comunicação dentro da equipe.

  1. Faça um brainstorm inicial

Na reunião inicial para escolher tudo o que vai existir dentro do MIV, procure trocar ideias, dar sugestões que possam parecer médias, sempre tendo como foco a comunicação.

É nesse momento que grandes ideias para uma identidade visual de um front light banner surgem, e estar desprendido de qualquer preconceito ou dúvida é essencial.

  1. Entenda a sua persona

A persona do seu negócio é uma caracterização mais completa e detalhada do público-alvo da sua empresa, o que envolve um entendimento sobre desejos, comportamentos, gênero, idade, classe social e também tudo o que se diz respeito à escolha de compra.

Ainda que o foco da sua empresa seja concretizar uma identidade própria, é importante colocar à tona essas questões, que podem ser significantes para uma fidelização.

  1. Procure sua identidade em elementos

Com todos os passos anteriores prontos, chegou a hora da compreensão da marca, por meio de cores, formas e maneiras de comunicação que agrega tudo aquilo que a empresa deseja, vinculada com experiências visuais de quem for organizar esse manual.

  1. Viabilize uma aplicação

Não esqueça que a aplicação é um ponto importante para saber se de fato aquela escolha será válida. 

Procure trazer para uma forma física a sua identidade em materiais como copos e blusas, para que a visualização não seja apenas digital.

O MIV tem uma função importante para empresas, guiando não apenas a concepção de sua identidade visual, mas também auxiliando na identificação feita por clientes e nos trabalhos de concretização de materiais gráficos, sejam físicos ou digitais.

Por isso, é importante ter em mente o quanto esse manual é importante, bem como os processos de criação dele, tornando a comunicação e a visibilidade de sua marca algo cada vez mais fácil de ser compreendido por seus clientes.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.



GOSTOU DESTE ARTIGO?
FAÇA PARTE DO SELETO GRUPO DE LEITORES INTELIGENTES.

Seu e-mail não será compartilhado Somos contra o SPAM!


Quer saber como melhorar o posicionamento do seu site? Ou, talvez você queira apenas fazer o seu melhor anúncio de vendas… SIM. QUERO SABER MAIS!


No Blog do Convidar publicamos dicas de como anunciar mais com anúncios de vendas mais eficientes. Da mesma forma, dicas de como fazer propaganda grátis na internet de maneira muito fácil.

Como funciona | Nossos Serviços | Análise gratuita  |  Fale Conosco  |  Anuncie Melhor  |

Certamente, gostaríamos de saber sua opinião, suas dicas e comentários. Aproveite o espaço abaixo reservado para a pessoa mais importante no nosso trabalho. Você!

 

Mais posts diversidades