Qual a importância de realizar a segmentação do público? – Confira 5 dicas!

segmentação

A segmentação dentro de uma empresa pode ajudar profundamente os negócios a darem certo, tendo em vista que o foco no cliente será muito mais específico, e que ações e estratégias a serem trabalhadas poderão surtir maior efeito, além de serem mais fáceis.

Tudo isso pode parecer algo de outro mundo, mas a segmentação é muito mais prática do que parece, além de ser um forte indício de conquista de um público exclusivo e fiel.

Afinal, quando um negócio de produto para limpar box de vidro tem como princípio na elaboração de seu produto e na venda deste para o mercado as características que envolvem o seu consumidor, tudo passa a ser muito mais voltado a quem vai comprar.

Sendo assim, o público-alvo passa a ter aquilo que precisa, a empresa começa a focar apenas nesse tipo de cliente, e ambos os lados saem ganhando muito mais rapidamente,

No texto abaixo vamos entender um pouco mais sobre o que é de fato a segmentação de um público, explicando as suas vantagens para empresas de aluguel de box para armazenagem e de que forma é possível dar início a essa estratégia.

O que é a segmentação de um público?

A segmentação de um público nada mais é do que a procura por grupos de consumidores que sejam cada vez mais específicos para uma empresa, desenhados a partir de algumas das características que melhor envolvem o público-alvo e cliente ideal de um negócio.

Por exemplo, uma empresa de aluguel de gerador de energia tem como segmentação dentro da sua empresa um público determinado por:

  • Mulheres;
  • Executivas;
  • Maiores de 35 anos;
  • Moram em uma capital;
  • Não possuem filhos;
  • Possuem carro elétrico.

Essas especificações de segmentação de mercado são uma indicação para que a empresa foque cada vez mais em quem de fato vai comprar aquilo que ela produz, evitando dar atenção e trabalhar sem medir esforços para pessoas que não são tão importantes.

Neste exemplo, vemos que as especificações, similares à persona da empresa, conseguem apontar a uma segmentação dentro do mercado e entre os consumidores.

Em outros casos, como dentro de uma empresa de contrato de manutenção preventiva e corretiva de ar condicionado essa segmentação pode ser apenas um tipo de cliente, como empresas e profissionais liberais de corridas por aplicativos.

Independente do tipo de segmentação, o ideal dentro desse sentido é evitar trabalhar apenas com conceitos e especificações de público e mercado gerais.

Por exemplo, uma empresa de maquiagem foca no público feminino que gosta de cosméticos. 

Porém, a segmentação neste sentido, por exemplo, deverá ser de mulheres que preferem batons coloridos vendidos com uma sacola de kraft.

A especificação, feita a partir do máximo de informações colhidas e verificadas sobre o público ideal, ajuda dentro de muitas questões, mas sobretudo, fazendo a empresa deixar de lado uma generalização e passar a trabalhar cada vez mais focada.

Quais as vantagens que isso agrega?

Agora que entendemos um pouco mais sobre o que é segmentação, é importante saber mais sobre as vantagens que essa forma de trabalho agrega para as empresas, e principalmente dentro de suas principais estratégias em relação aos clientes.

Em primeiro lugar, a segmentação concede muito menos concorrência dentro de um setor, tendo em vista que a empresa prefere focar em um público cada vez mais único.

Por exemplo, uma empresa de avaliação patrimonial que foca em um público jovem recém-formado terá muito mais chances de ter sucesso e conseguir ganhos do que outras empresas que focam em todos os públicos que estão interessados no serviço.

Isso porque passa a ocorrer um entendimento muito mais pleno e completo sobre esse público específico, fazendo com que estratégias sejam o máximo de personalizadas.

Neste sentido, a linguagem, a comunicação visual e até mesmo as ações de venda feitas para esse segmento se tornam muito mais certeiras, tornando as chances da empresa de avaliação patrimonial maiores neste sentido, do que em relação a outros públicos.

Outro ponto de interesse dentro de segmentação é a produtividade que esse trabalho agrega às equipes, principalmente aquelas de vendas, que têm contato com o cliente.

Isso acontece porque esses profissionais param de ter que lidar com qualquer tipo de pessoa ou público, e passam a ter contato com características ou até mesmo grupos muito similares, ajudando a construir um padrão de atendimento que atenda essa demanda.

Imagine o quão difícil é focar nas vendas para públicos diversos, com especificações e padrões de vida diferentes, e em seguida, começar a entender apenas um tipo de pessoa.

A mudança passa a ser significativa para a elaboração de estratégias que de fato funcionam, e podem começar a surtir efeito em pouco tempo dentro de uma empresa de ar condicionado residencial, a partir do foco naquele público que vale a pena.

A assertividade também não fica de fora em meio a esses benefícios. É possível alcançar os resultados esperados em tempo recorde, visto que o foco será no cliente certo.

É muito mais difícil obter resultados quando não se há um conhecimento pleno sobre a pessoa que você está fazendo uma venda de baterias, justamente porque se desconhecem os pontos e particularidades que podem fazer com que ela se interesse.

Podemos fazer um comparativo com pessoas que conhecemos, entendendo o quanto elas nos transmitem pontos e comportamentos que as fazem ser únicas, e também que nos entrega um maior entendimento e certamente uma convivência melhor.

Quando temos a proximidade de pontos que podem interessar uma pessoa todas as ações começam a dar mais certo do que poderiam ocorrer com pessoas desconhecidas.

O mesmo acontece dentro da segmentação, e por isso ela se faz tão importante, porque evita que equipes dentro de empresas passem a trabalhar muito mais para atingir poucas pessoas, quando na verdade podem fazer o inverso, tendo então resultados melhores.

Por fim, podemos falar do market share, que é caracterizado como a fatia que uma empresa tem de um mercado, seja em questão dos ganhos financeiros ou à localidade.

O market share consegue trazer uma consciência sobre a parte do todo que um negócio tem acesso dentro de uma área de atuação. 

Portanto, quando essa área e especificação é cada vez mais segmentada, maior será a porcentagem da parte referente à empresa.

Ter a noção dessa condição pode agregar o reconhecimento da importância do seu negócio, ao mesmo tempo que mostra o quanto ele têm relevância no segmento.

Em muitos casos ocorre-se uma unidade dentro de um grupo de atuação, apontando que a empresa pode ser a única em meio ao oferecimento de um produto, o que para ela e para seus concorrentes pode trazer excelentes informações.

De que forma começar a viabilizar a segmentação?

A segmentação, ao contrário do que parece, não é nada difícil de ser feita. 

Por meio de alguns pontos de interesse dentro dessa construção fica fácil traçar a melhor especificação que se adequa aos serviços ou produtos que você oferece.

O primeiro ponto para isso é o reconhecimento do público-alvo, ou seja, aquele cliente ideal da sua empresa, algo que vai guiar toda a construção do negócio e o que ele oferece.

A partir desse ponto específico, é importante verificar se sua empresa está entregando algum tipo de exclusividade, uma resolução que esteja à altura daquele consumidor.

Em seguida, depois da verificação da qualidade de suas entregas, é importante fazer a divisão de mercado em que esse público se encaixa, procurando ser cada vez mais específico e concentrado em um espaço onde poucas empresas estão.

Essa adequação entra, inclusive, em meio ao desenvolvimento de estratégias de contato com o cliente, como em alguns dos canais de venda, espaços de comunicação, linguagem e ações de engajamento desse público, que juntos, fazem a diferença nos resultados.

É importante considerar em meio a essa procura por uma segmentação a possibilidade de concorrentes na área, que deve ser muito menor em relação a um foco geral.

Isso porque nem todos passam a ter um interesse em um público diferente. Quanto maior for a particularidade do seu público ou produto, melhores serão os resultados do negócio.

Considerações finais 

Portanto, a segmentação de clientes nada mais é do que uma especificação naquilo que a empresa foca em vender e também para quem ela vende. 

Por conta da diferença entre mercados e serviços mais generalizados, as vendas passam a ser menores porém mais intensas.

Procurar trabalhar essa definição pode trazer uma melhoria em diferentes partes, seja em estratégias utilizadas pela sua empresa ou até mesmo na melhoria de produtos e serviços.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.