7 Dicas Para Manter um Relacionamento Com o Cliente

7 Dicas Para Manter um Relacionamento Com o Cliente

Muitas empresas estão preocupadas apenas com o crescimento, o que é certamente fundamental. Adquirir cada vez mais clientes deve ser um dos pilares de um negócio. Mas manter o relacionamento com os clientes é tão importante quanto! 

Quando isso já está preestabelecido no mindset de uma empresa de automação pneumática industrial ou de qualquer outro ramo, antes mesmo de o usuário virar cliente de fato, é muito conveniente.

Afinal, mostra o compromisso de já tentar se mostrar plenamente disponível para manter-se próximo do cliente.

Mas lembre-se que desenvolver esses relacionamentos com os clientes costuma levar tempo, algo que de fato costuma ser a longo prazo.

Nesse post você confere as 7 dicas para manter um bom relacionamento com o cliente e os benefícios desse entrosamento.

Por enquanto, não há receita de bolo para construir e manter um forte relacionamento com os clientes, mas é possível citar algumas dicas que podem ajudar você a chegar nisso da forma mais prática.

Por isso, é essencial saber algumas das principais vantagens de criar e manter uma boa relação com os clientes, entre elas:

  • As empresas se beneficiam de clientes recorrentes, que continuam comprando;
  • Clientes existentes geram insights para novos produtos;
  • A retenção de clientes é mais barata que conquistar novos;
  • Clientes satisfeitos = fidelidade e recomendações boca a boca.

Além disso, é importante ressaltar que a gestão adequada do relacionamento com o cliente é essencial, pois fornece uma excelente plataforma de marketing para divulgação.

Abaixo, acompanhe algumas dicas de como iniciar um bom relacionamento com os clientes de sua marca.

Escrever um anúncio de venda

Baixe o e-book gratuito Como escrever um anúncio de venda


1 – Mostre que você ouve o cliente

Tanto os leads como os clientes podem, no começo da relação com os atendentes, estarem um pouco desconfiados e podem dizer que você está ali apenas para empurrar um produto de forma padrão, como um cartão de visita confeitaria, por exemplo. 

Mas para tirar essa falha que acaba ficando nas costas dos vendedores, e para começar bem o relacionamento com o cliente, demonstre que você está de ouvidos abertos e prestou total atenção nas necessidades que eles relataram. 

Faça registros de cada relação com os clientes e guarde-os em pastas de ordem alfabética. Assim, você conseguirá consultar e saber como foi a última reunião ou contato, além do que foi abordado. 

Certamente, o cliente se sentirá lisonjeado ao ter sido tão considerado pelo atendente e não tratado como qualquer um. Por isso, os especialistas costumam dizer que o ideal é tentar personalizar. Só assim uma relação será duradoura. 

Seja presencial ou online, a cada novo encontro, faça questão de atualizar as informações e fazer novas anotações para sempre estar à frente das necessidades dos clientes.

Seja como uma empresa de seguros, atenciosos nos detalhes e prontos para ajudar na compreensão dos planos.

2 – Acompanhe e faça contatos periódicos, mas sem incomodar

A abordagem dos profissionais em relação aos seus clientes pode ser difícil de ser definida porque, mais uma vez, os atendentes ficam em um limbo de: “será que eu abordo ou será que vou incomodar?”. 

Esse tipo de questionamento é normal. Só é preciso bom senso, na verdade. Por isso, tente mandar um e-mail ou mensagem antes de ligar e já fale sobre o assunto que você gostaria de abordar. 

O cliente topando, marque reuniões periódicas, assim ele conseguirá se programar também. Ao final de cada encontro, procure descrever as próximas etapas e o que fazer depois, mostrando-se à total disposição. 

Depois, verifique sua agenda para saber quando poderá se conectar de novo com o cliente. Afinal, eles querem saber quando esperar notícias suas. Para ajudar, defina esses lembretes em sua agenda. 

3 – Tente prever as dores do cliente 

Além de se mostrar apto a ouvir e estar à total disposição dos clientes, é preciso mostrar que sabe ou tem os caminhos para dar a melhor solução para os problemas e eventuais demandas dos mesmos.

A compreensão para os questionamentos é o principal artifício que o atendente deve ter nesse sentido. Se possível, antevenha as dores do cliente, já tentando antecipar que as preocupações são normais. Isso ajudará a ganhar a confiança necessária.

Aqui vai uma dica valiosa: se você achar que ao dar soluções estaria vendendo mais algum item, como um envelope personalizado a4, ou mais um serviço, não tenha receio de dar um passo atrás. 

Isso é importante uma vez que isso demonstrará para o cliente que a relação não é só comercial, mas humana. Ou seja, é possível ouvir os problemas do cliente com empatia em um primeiro momento e, em outro mais oportuno, apresentar a solução comercial.

______

Está gostando desse artigo? Então cadastre seu e-mail abaixo para se juntar a vários leitores inteligentes do Blog do Convidar para receber novos conteúdos.

Seu e-mail não será compartilhado

Somos contra o SPAM!

______

4 – Saiba por onde o seu cliente prefere falar

Seja uma reunião pessoal ou via mensagens de texto, quem não tem preferências para se conectar e se comunicar? 

Mas, como aqui estamos tratando de construir um relacionamento forte com os clientes, entenda no detalhe quais são as preferências de comunicação do seu cliente, tal como se a preferência é um bate-papo por vídeo ou o envio de e-mail consome menos tempo.

Saber isso pode tornar mais fácil para você entrar em contato quando surgir algo urgente, como uma montagem de quadro elétrico

Neste caso, se você sabe que um determinado cliente nunca verifica seu e-mail, pode ser mais benéfico ligar para ele se tiver alguma dúvida.

5 – Estabeleça metas claras 

O estabelecimento de metas é primordial para você que atende um cliente, e aqui não estamos falando apenas dos objetivos próprios em relação ao negócio. O que realmente importa para o consumidor é saber como você chegará no que se está pedindo. 

Para isso, é necessário compartilhar as metas com o cliente e mostrar as principais ações que você fará para atingir o resultado desejável.

Dessa forma, quem está do outro lado entende o seu trabalho e ainda começa a enxergar com outros olhos a ponto de valorizar mais a importância da relação entre prestador e cliente. 

Logo, quando o consumidor chega com um desafio ou projeto, não pense apenas em medidas paliativas que resolvam rápido. 

Para criar um relacionamento valioso de longo prazo com o cliente interessado em um anel de noivado ouro branco com diamante, considere como ambos podem se comunicar durante o processo e falar sobre as metas. 

Uma questão que sempre é válida e você precisa ter na manga para perguntar é o que o cliente espera do seu trabalho e quais resultados você gostaria de ver em diversas janelas de tempo. 

6 – Crie um processo padrão de cobrança

O pagamento é, certamente, um dos fatores que mantém uma boa relação de qualquer companhia com os clientes, como as empresas de pintura industrial

É preciso haver uma constante compreensão sobre um eventual atraso ou negociação do valor.

Mas se você não criar um padrão de cobrança e de comunicar como você faz com os pagamentos, o cliente pode se sentir no direito de fazer da forma dele, já que não houve um alinhamento prévio. 

A título de exemplo, quando um cliente “enrola” no pagamento de uma aula de piano para iniciantes, pode ser que uma ligação de cobrança sua mais incisiva, ou em um caso extremo, envolver advogados no meio, causem o inevitável: rompimento de contrato.

Em vez disso, certifique-se de sempre na sua relação com os clientes de mostrar de que forma você prefere o pagamento, com que antecedência, em quais condições, quando pode ter desconto ou não, etc. 

Quando isso é explicitado logo no começo da relação, fica mais claro e possivelmente evitará algum problema futuro ou atraso por parte do cliente. 

7 – Feedbacks são importantes

Como qualquer relacionamento na vida, prestador e cliente precisam revelar suas expectativas e o que acharam do resultado dos serviços, como de motoboy contrato mensal

Essas reuniões de feedbacks são muito boas para alinhar expectativas e para mostrar o que está dando certo e o que não está.

A frequência desses encontros, ligações ou mensagens depende muito de como é a relação, e isso varia de cliente para cliente. Por exemplo, se for um cliente novo, pode ser que seja melhor se reunir mais vezes para ajustes. 

Caso o seu cliente seja mais antigo, a forma como você trabalha já é conhecida, então talvez não precise ser com tanta frequência.

Como diz a famosa frase do varejo brasileiro, o cliente sempre tem razão, mas que cada cliente é único, isso não dá para negar. 

Tratá-los dessa forma é bom tanto para você, que consegue entender as especificidades de cada um, quanto para quem o contratou, pois as necessidades estão sendo atendidas de forma personalizada.

Como vimos ao longo deste texto, essas dicas podem ajudar bastante a construir relacionamentos de longo prazo com os clientes. Muitas delas trabalham com uma questão de empatia, que acaba faltando bastante nas relações atuais. 

Além da empatia, a transparência talvez seja outro tema que abarca diversos pontos que comentamos por aqui. 

Antes mesmo do primeiro contato, sempre há aquela desconfiança padrão. Por isso, é muito importante ser transparente e colocar todas as cartas na mesa. 

Por fim, ser maleável com cada cliente também é outra dica que permeou bastante, afinal, quem não gosta de ser atendido por alguém que entende situações e os problemas apresentados? 

Cada contexto possui sua particularidade, mas o importante é trabalhar essa maleabilidade sendo um profissional autêntico, respeitoso e parceiro. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

#relacionamento #relacionamentocomocliente #construirrelacionamentos #empatia



GOSTOU DESSE POST?
FAÇA PARTE DO SELETO GRUPO DE LEITORES INTELIGENTES.

Seu e-mail não será compartilhado Somos contra o SPAM!


No Blog do Convidar publicamos dicas e tutoriais de como anunciar mais e melhor, seja uma marca, um produto, serviço ou oportunidade. Da mesma forma, também damos dicas de como fazer propaganda grátis na internet com o uso de serviços gratuitos.

Como funciona | Nossos Serviços | Análise gratuita de site  |  Fale Conosco  |  Anuncie Melhor  |

Certamente, gostaríamos de saber sua opinião, suas dicas e comentários.

Aproveite o espaço abaixo reservado para a pessoa mais importante no nosso trabalho. Você!


 

Posts negócios

Processo criativo

Processo Criativo. Confira 6 dicas para criação

Considerada uma das etapas mais desafiadoras de qualquer projeto, o processo criativo é parte essencial da construção de qualquer ideia que será implementada em seu cotidiano. Continue a ler »Processo Criativo. Confira 6 dicas para…
Leia mais

Posts diversidades

Execução de eventos O que é preciso event-manager-writing-on-paper-in-banquet-hall

Execução de Eventos: O que é preciso?

Organizar eventos corporativos pode ser uma tarefa bastante trabalhosa, mas, sem sombra de dúvida, é muito recompensador reunir diversas pessoas em um único local para prestigiar uma conquista ou algum outro objetivo, ou mesmo lançar…
Leia mais