Amostragem: Como ela pode ajudar a elaborar uma estratégia de marketing?

amostragem

Quando o assunto é interagir com multidões, a amostragem é uma técnica indispensável. O recurso reúne conceitos da estatística, psicologia e ciências sociais para identificar padrões de comportamento. 

O recurso parece algo restrito a laboratórios e instituições de pesquisa, mas pode ser valioso para estratégias de marketing voltadas para a internet ou abrangendo grandes públicos, conferindo uma precisão diferencial no mercado. 

Muito deste trabalho é executado em interfaces digitais, com uso de conceitos da computação para automatizar a coleta e organização destes dados, acelerando e simplificando o processo para uma empresa de tratamento por oxigenoterapia

A amostragem trabalha com conceitos matemáticos ao coletar dados de muitos indivíduos, que são chamados de “amostras”, podendo passar dos milhares. 

O profissional da área define quais serão as condições de pesquisa a partir do objetivo traçado.

As características da amostragem e seu impacto sobre as operações de marketing serão abordadas em detalhes no decorrer deste artigo.

De modo que o leitor compreenda a extrema importância desta prática para os ambientes organizacionais. 

Como é feita a amostragem?

A amostragem é realizada em conformidade com o método científico, um conjunto de regras que norteia as atividades de pesquisa, visando salvaguardar a acurácia de seus resultados junto a ética no trato de informações sensíveis. 

O método científico é um ciclo composto por etapas que são estabelecidas para testar hipóteses, de modo que os vieses cognitivos dos indivíduos que conduzem a pesquisa, possam ser anulados ou minimizados ao máximo. 

São estas etapas: 

  • Observação sistemática e controlada de fenômenos; 
  • Coleta de fatos verificáveis; 
  • Construção de hipóteses testáveis e falseáveis; 
  • Criação da teoria: junção harmônica de fatos e hipóteses; 
  • Implicações, conclusões e previsões da teoria; 
  • Experimentação e análise lógica; 
  • Avaliação: compatibilidade entre resultados e teoria; 
  • Consolidação da teoria ou Reciclagem de hipóteses. 

A amostragem pode ser considerada uma parte dos processos de pesquisa científica, responsável pela coleta e tratamento das informações necessárias para análise de um fenômeno.

Nos casos que envolvem marketing, tais dados dizem respeito a pessoas. 

O processo em si é marcado por uma série de etapas que devem ser organizadas com antecedência pelo planejamento estratégico, no caso aplicado às empresas, sendo viável a terceirização de serviços para instituições especializadas. 

Escrever um anúncio de venda

Baixe o e-book gratuito Como escrever um anúncio de venda


Objetivo do teste

Definir um objetivo para o teste é a primeira tarefa de um processo de amostragem, sem a qual as demais atividades ficam sem direcionamento. 

Só é possível escolher quais informações serão coletadas e qual a fonte se há um objetivo final. 

Os testes gerados pela amostragem servem para provar a procedência de uma hipótese, assegurando sua replicação em estratégias e simulações. 

Diante do contexto de marketing, alguns objetivos comuns para este tipo de prática são: 

  • Identificar interesses e hábitos de compra do público-alvo; 
  • Provar hipóteses de ameaças para o setor de mercado;
  • Testar efeitos psicológicos no design de embalagens;
  • Simular o grau de adesão a versões distintas de produtos. 

Uma indústria especialista em alumínio pode ter como objetivo do teste a verificação de satisfação do cliente e tempo de vida de um produto, com a finalidade de construir uma campanha publicitária voltada para investidores, por exemplo. 

População e unidade de amostra

Uma vez definido o objetivo, é selecionado o recorte da amostra, ou seja, as características fundamentais da população estatística e a unidade estatística. 

População estatística é o termo usado para definir toda amostra com múltiplos elementos que compartilham ao menos uma característica em comum.

A unidade estatística representa cada elemento em tags adesivas

Uma população estatística para uma pesquisa em marketing, usando como exemplo os objetivos listados anteriormente, pode ser o conjunto de empresas de um mesmo setor, o conjunto de consumidores de um item selecionado ou o mercado de uma localidade. 

Deste conjunto, as unidades estatísticas seriam escolhidas de acordo com sua compatibilidade com os critérios básicos que a inserem em determinada população. 

A partir deste ponto se faz presente a importância da seleção de fontes. 

As fontes podem ser o histórico de compras de uma empresa, o engajamento em determinados conteúdos online, meios de rastreamento automotivo, dados de suporte ao consumidor, dentre outras que o responsável pela amostragem apure. 

Técnica de amostragem

A técnica de amostragem é o grupo de critérios que define o processo de coleta das amostras e o posterior tratamento destas. 

As principais técnicas de amostragem são os métodos probabilísticos e não probabilísticos. 

O método probabilístico visa reduzir os vieses cognitivos da equipe que gerencia a pesquisa ao equivaler as chances de participação de todos os membros de uma população maior em uma amostra menor. Por isso, é considerado um método mais seguro e efetivo. 

A amostragem probabilística pode ser realizada sob a forma aleatória simples ou com a divisão em blocos coordenados por dados demográficos, como idade, sexo, localização, faixa de renda ou por meio de seleções em intervalos numéricos. 

Um exemplo de seleção por bloco demográfico, chamada método por cluster, consiste na inserção de qualquer unidade estatística em um bloco, desde que faça parte de algum critério, como idade.

Assim, toda a população é seccionada. 

Um elemento vital para a amostragem estatística é o anonimato das unidades, especialmente quando se trata de indivíduos. 

As implicações estatísticas através da análise por cluster reduz possíveis vieses de comportamento dos pesquisadores. 

Por outro lado, a seleção de amostra por intervalo numérico é ideal para analisar o comportamento de uma população em larga escala, a partir de uma amostra de menor número, por exemplo: Pop. 1.000.000, amostra máx. 10.000. 

Seleção da amostra

A seleção da amostra não pode ser confundida com a definição de uma técnica de amostragem. 

O segundo termo designa as regras que norteiam o primeiro termo.

A seleção da amostra é a aplicação prática dos critérios estipulados no planejamento. 

O uso de bancos de dados é importantíssimo para o andamento das pesquisas que envolvem amostragem, uma vez que podem ser programados de acordo com as regras estipuladas para o teste, automatizando o processo. 

Por outro lado, enquanto os bancos de dados são usados para armazenar e tratar informações, é necessário estabelecer um mecanismo e canal de coleta. 

Em muitos casos, fichas e questionários são utilizados, como uma avaliação de impermeabilização de pisos

Como mencionado anteriormente, o anonimato é um aspecto essencial para a amostragem, uma vez que assegura a aplicação correta da técnica escolhida. 

Por isso, os dados pedidos nesses questionários são, em sua maioria, de ordem demográfica e não pessoal. 

Em caso de população impessoal, ou seja, as unidades estatísticas não são humanos e sim objetos, entidades públicas ou privadas, a coleta de amostra é realizada de acordo com o estratificador escolhido, como balanços contábeis para amostragem financeira. 

Benefícios da amostragem aplicada ao marketing

A amostragem é uma excelente ferramenta na criação de campanhas de marketing eficazes, sejam estas voltadas a modificações no contexto interno das empresas ou na elaboração de um calendário publicitário. 

Um serviço de assistência em vidros temperados pode usar a amostragem para identificar oportunidades no atendimento ao cliente, investindo nas demandas que a concorrência não conseguiu suprir.

O princípio vale para outras categorias de negócio.

Entre os  benefícios que a amostragem pode proporcionar na calibragem das operações de marketing, eis os principais: 

Diferencial de mercado 

Uma empresa que aplica técnicas de amostragem como regra em suas pesquisas para o planejamento estratégico, abre margem para um gigantesco diferencial em meio a concorrentes que não investem em profissionais ou infraestrutura qualificada. 

A amostragem é uma parcela da ciência de dados, ramo do conhecimento que aplica conceitos matemáticos e estatísticos para o estudo de comportamento das multidões e previsões de cenários. Para os gestores, a amostragem lhes confere uma visão de águia. 

O baixo custo de investimento e especialmente, de manutenção, é o que mantém o interesse na prática, que apresentou aumento na procura do setor empresarial em 10,7% no mundo e 7% no contexto nacional. 

O recurso é viável para pequenos negócios, o que possibilita sua aplicação em empreendimentos de conserto de ar condicionado de janela, servindo ao propósito de identificar oportunidades, ameaças e pontos de reforço no próprio negócio. 

Integração digital

O uso de amostragem e pesquisa para a construção de estratégias de marketing confere integração digital à empresa, tornando mais confortável a sua adaptação às ferramentas de comunicação em massa, provenientes da internet. 

A WEB provocou uma profunda mudança de paradigma acerca do comportamento das organizações diante de seus clientes, uma vez que os aparelhos digitais unificaram o mercado de bens e serviços de todo o mundo. 

Segurança da informação

É inegável que a pesquisa é um elemento necessário para a construção de qualquer estratégia de marketing. 

A amostragem, com sua raiz do método científico e seu uso de bancos de dados e computação, acrescenta uma camada de segurança ao processo. 

A observância ao anonimato dos entes envolvidos na pesquisa, além do estabelecimento de regras e critérios verificáveis para colhimento e análise das amostras reduz os riscos de violações de dados sensíveis ou de erros operacionais. 

Conclusão 

Portanto, a amostragem é um método imprescindível para o sucesso das empresas, uma vez que atua sobre bases sólidas para a execução de pesquisas de mercado, de opinião e satisfação do cliente, fundamentais para qualquer estratégia de marketing. 

Pensar em termos de amostragem reflete a preocupação com as melhores práticas acerca do levantamento de informações para o planejamento estratégico das empresas, sem as quais, muitas das atividades interna e externa estariam comprometidas. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.



Quer saber como melhorar o posicionamento do seu site?
Ou, talvez você queira apenas fazer o seu melhor anúncio de vendas…
SIM. QUERO SABER MAIS!


No Blog do Convidar publicamos dicas de como anunciar mais com anúncios de vendas mais eficientes. Da mesma forma, dicas de como fazer propaganda grátis na internet de maneira muito fácil.

Como funciona | Nossos Serviços | Análise gratuita  |  Fale Conosco  |  Anuncie Melhor  |

Certamente, gostaríamos de saber sua opinião, suas dicas e comentários. Aproveite o espaço abaixo reservado para a pessoa mais importante no nosso trabalho. Você!

 

Obrigado por nos visitar. Deixe uma opinião ou mensagem, isso nos ajuda a melhorar esse espaço