7 dicas para trabalhar o marketing pessoal

marketing pessoal

O relacionamento empresa-consumidor tornou-se dinâmico, e é para estabelecer essa relação e trabalhar a percepção do público sobre pessoa ou marca, de forma a passar uma boa impressão que existe o marketing pessoal.

Em um cenário em que, para lidar com esse novo comportamento do consumidor, a solução foi a humanização das marcas. Para isso, existe uma forte necessidade de diálogo e interação, em uma via de mão dupla.

Dessa forma, tal ferramenta engloba o conjunto de estratégias e ações com o objetivo de desenvolver a autoridade da marca, a postura frente ao consumidor, e exaltar esforços publicitários.

O marketing pessoal (ou personal branding, como também é chamado), é tão importante para o posicionamento quanto a identidade visual de um negócio, como uma empresa de sinalizacao de transito

Na verdade, são ferramentas complementares para tornar-se presente na mente do consumidor.

Saiba que a impressão pessoal gerada por determinada companhia perdura na memória do público, mesmo em casos de dissolução do negócio. Estamos falando aqui sobre aumentar o engajamento, a satisfação dos clientes e, consequentemente, as vendas.

Dentre as diversas estratégias do marketing digital, que trazem muitas funcionalidades nesse sentido, estão aquelas voltadas para a atração, como o Inbound Marketing, incluindo o SEO, Marketing de Conteúdo e mecanismos de automação.

Entretanto, ao trabalhar essa prática, é preciso ter precaução para não acabar passando um tom de demasiada autoridade para aqueles que estão recebendo a mensagem.

Pensando nisso, neste artigo, trouxemos dicas sobre como trabalhar o marketing pessoal, e aqui já vai o primeiro bônus: essa ferramenta se aplica tanto a uma empresa como um todo, ou seja, a marca, quanto às pessoas físicas.

Independente se você é um gestor, um colaborador ou um freelancer, o personal branding visa trabalhar a percepção positiva, a geração de credibilidade e a visibilidade em qualquer que seja a escala. 

Olhe para sua própria carreira como um empreendimento pessoal, dando tanto valor e atenção quanto para um empreendimento convencional, que demande um grande investimento, como uma organização fabricante de estampo de corte e repuxo.

Dessa forma, certamente o que estamos falando fará mais sentido. Continue lendo e confira!

7 dicas para trabalhar o marketing pessoal

Nas dicas baixo você confere os detalhes que podem fazer com que o seu marketing pessoal seja muito mais eficiente e completo.

Conquiste o seu público ideal com uma comunicação melhor.

Escrever um anúncio de venda

Baixe o e-book gratuito Como escrever um anúncio de venda


1 – Tenha sua própria identidade

Quando falamos de uma empresa, a identidade ou branding compõem todas as informações associadas a ela, como logotipo, slogan, cores, entre outros.

Da mesma forma, ao trabalhar seu marketing pessoal associando ao profissional físico, a identidade no meio digital compreende o seu diferencial, o que te torna único. Nesse caso, os componentes visuais para a formação do branding são:

  • Seu nome;
  • Seu rosto;
  • Sua voz;
  • Sua apresentação;
  • Seus trejeitos;
  • Demais características únicas.

As redes sociais são a principal ferramenta para o desenvolvimento da identidade. Uma boa dica é investir nas fotos, e contratar um fotógrafo profissional pode trazer ótimos resultados.

Além disso, é importante atentar-se ao restante dos elementos, como a oratória, dicção, estilo e, principalmente, habilidades sociais. Ademais, para trabalhar o marketing pessoal, é necessário simpatia.

Sobretudo, os detalhes sobre você.

Comercialmente falando, um perfil nas redes sociais bem idealizado tem um poder de convencimento maior.

2 – Estabeleça uma presença digital

De forma geral, seja para uma compra simples ou mais complexa, ou mesmo quando falamos em expansão dos negócios e parcerias, certamente os envolvidos farão uma ação: pesquisar a marca ou o representante no Google.

Se você não estiver ali, como ser confiável ou mostrar sua autoridade para uma tomada de decisão positiva? 

Em um exemplo prático, falar que uma empresa especializada em instalação de painel em papel tem presença digital, significa que o usuário pode encontrá-la e estabelecer uma perspectiva favorável para seus objetivos.

Sua presença digital será estabelecida a partir de sua identidade, ao mesmo tempo em que irá contribuir para o desenvolvimento e fortalecimento dela.

Ademais, aconselhamos investir nos canais e nas ferramentas digitais, conforme fizer sentido para o seu negócio. 

3 – Pense em ferramentas úteis

A diversidade é gigantesca, e no estudo do público do seu Plano de Negócio deve haver uma seção exclusiva para análise do comportamento do público na internet, assim saberá em qual plataforma você e sua marca devem estar.

Abaixo, confira uma checklist com as principais modalidades de ferramentas úteis para um bom marketing pessoal:

  • Blogs;
  • Redes sociais;
  • Site ou plataforma de e-commerce;
  • Conteúdo relevante e original;
  • Canal no YouTube, produção de vídeos e webinars;
  • E-mail marketing;
  • SEO (Otimização para Mecanismos de Busca);
  • Mídia play;
  • Anúncios.

Essas são as ferramentas mais utilizadas e que, se bem trabalhadas, atuam como o melhor Flyer de Festa do mundo.

Mas para cada mídia existe uma linguagem, um objetivo e uma estratégia mais adequada para ser explorada. 

Nessa lista, temos que destacar as redes sociais, pois são as principais formas de interação atual. Existem muitas opções disponíveis, e que oferecem oportunidades diferentes para desenvolver seu marketing pessoal. 

Estude, analise e implemente aquelas que tiverem o maior potencial de estímulo para o seu negócio.

Ao tratar-se de uma marca, trabalhar o marketing pessoal significa alinhar todos aqueles que a representam, além de deixá-la com qualidade.

Então, é possível adicionar a essa lista outra valiosa ferramenta: a equipe de sua gráfica de digitalização 3d. 

Invista na qualificação e capacitação de seus colaboradores, e saiba desenvolver tanto os seus próprios potenciais, quanto do grupo.

______

Está gostando do nosso site? Então cadastre seu e-mail abaixo para se juntar a vários leitores inteligentes do Blog do Convidar para receber novos conteúdos.

Seu e-mail não será compartilhado

Somos contra o SPAM!

______

4 – Tenha foco no cliente 

Esse é um ponto muito importante, e seus esforços devem ser voltados para a venda dos seus produtos ou serviços, então deve falar diretamente com o público, e direcionar suas ações para o que é relevante para o cliente, ou melhor, para sua(s) persona(s).

No entanto, ao mesmo tempo lembre-se que seu objetivo com o marketing pessoal é fortalecer você, mais precisamente enquanto profissional e/ou marca, para então fazer as vendas.

Tenha parcimônia, analise o momento e as formas de trazer o produto ou serviço. Faça isso de maneira natural, ou poderá afastar sua audiência logo no início.

5 – Não confunda marketing pessoal com autopromoção

Essa dica você precisa anotar no seu caderno brochura personalizado: falar apenas sobre você será um tiro no pé, e ficar ressaltando suas qualidades não vai melhorar a sua imagem. Esse é um julgamento feito naturalmente pelo público. 

O egocentrismo costuma ser muito entediante para quem assiste, mas pode parecer muito tentador para o que o faz, então fique atento.

Como é possível perceber, essa é uma complementação da dica anterior, e ressaltar esse ponto é fundamental.

6 – Aumente sua rede de contatos

Faça contatos e estabeleça uma relação profissional com as pessoas, tanto online quanto offline. Afinal, no marketing pessoal as relações pessoais são a questão central, e essa informação vale até colocar em um banner impressão.

Expanda sua rede de contatos, interaja e crie laços. As pessoas realmente levarão isso em consideração, e fazer isso é um método valioso para a prospecção de clientes também, novamente de uma forma muito natural.

Faça parcerias e gere mídia, como uma citação em um site ou blog relacionado ao seu nicho, entrevistas ou qualquer outro tipo de referência, desde que espontânea.

A mídia adquirida e a linkagem externa são algumas das principais responsáveis pela geração de autoridade, pois existe uma maior tendência em confiar em informações de terceiros, ou seja, indicações. 

Fazer esse tipo de participação estimula novos convites para outras atuações. Aliás, participe dos eventos do seu mercado.

Essas são oportunidades valiosas de fazer networking e ainda fortalecer seu marketing pessoal, gerando conteúdo e se especializando ainda mais em sua área.

7 – Forneça conteúdo relevante

A atração do público por meio do marketing de conteúdo tem se mostrado expressivamente eficiente para qualquer tipo de negócio, como empresas especializadas em adesivo perfurado para campanha eleitoral.

Isso se aplica a imagem pessoal também, pois é assim que você gera valor para o público. Esse é um processo de construção de reputação, e certamente gerar conteúdo rico, relevante e original, é a melhor forma de fazê-lo.

Existem diversas opções de formatos e você pode diversificar ou focar em algum, caso se identifique mais. Alguns exemplos são:

  • Artigos otimizados para o Google;
  • Podcasts;
  • E-books e infográficos;
  • Vídeos;
  • Reels, IGTV e Stories para Instagram.

Esses são alguns dos mais populares, e aqui vale toda a criatividade para a criação desse relacionamento com o público. 

Isso mesmo, veja essa ação como um relacionamento, pois além de conteúdo de qualidade, você precisa ter periodicidade. 

Afinal, ao produzir um bom conteúdo e gerar engajamento, o público passa a esperar novidades frequentes.

Considerações finais

O conjunto de atividades voltadas para desenvolver a percepção do público, consolidar a imagem da marca, atrair novos clientes e construir relacionamento compõem o marketing pessoal.

Estudar a respeito e se inspirar em profissionais de sucesso nessa área, como Seth Godin e Aaron Ross, são as melhores formas de desenvolver o seu. 

Sua importância vai muito além da percepção positiva das pessoas, uma vez que isso pode ser um ponto decisivo e transformar carreiras e negócios.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.



GOSTOU DESTE ARTIGO?
FAÇA PARTE DO SELETO GRUPO DE LEITORES INTELIGENTES.

Seu e-mail não será compartilhado Somos contra o SPAM!


Quer saber como melhorar o posicionamento do seu site? Ou, talvez você queira apenas fazer o seu melhor anúncio de vendas… SIM. QUERO SABER MAIS!


No Blog do Convidar publicamos dicas de como anunciar mais com anúncios de vendas mais eficientes. Da mesma forma, dicas de como fazer propaganda grátis na internet de maneira muito fácil.

Como funciona | Nossos Serviços | Análise gratuita  |  Fale Conosco  |  Anuncie Melhor  |

Certamente, gostaríamos de saber sua opinião, suas dicas e comentários. Aproveite o espaço abaixo reservado para a pessoa mais importante no nosso trabalho. Você!