Ícone do site Marketing Digital para empresas e negócios – Blog do Convidar

Mídia kit: O que é e como fazer um completo?

mídia kit

Todo empresário, gestor de negócios ou autônomo reconhece a importância de saber apresentar sua solução para o mercado. Hoje em dia a melhor maneira de fazer isso é por meio do mídia kit, que pode trazer resultados e parcerias incríveis.

De fato, pode parecer injusto em um primeiro momento, mas realmente não adianta você ter o melhor produto do seu segmento ou o melhor serviço do seu nicho de mercado. 

Sempre será preciso saber “embalar” essa proposta, aplicando o bom e velho marketing.

Tanto que aquilo que cria as melhores marcas do mundo e os líderes de um segmento, nem sempre são os fatores mais objetivos. 

Há também a filosofia da marca, sua missão, visão e valores, como um diferencial que se torna igualmente importante.

Daí que uma empresa da área de sistema de monitoramento comercial precise pensar nisso tudo ao fazer um mídia kit para seu blog.

Ele nada mais é do que um documento que vai resumir sua proposta para possíveis parceiros comerciais.

Trata-se de algo como uma apresentação comercial, só que não no sentido antigo desse termo, como se bastasse fazer um slide no computador. 

De fato, foi-se o tempo em que uma empresa imprimia seu portfólio e batia de porta em porta.

Hoje a simples ideia de portfólio ou de cartão de visita é algo que apenas introduz o assunto.

E que tem sua importância, mas apenas quando inserido em um contexto bem mais amplo e que leva em conta as novidades dos últimos anos.

Por exemplo, a disseminação da internet e da banda larga, que permite utilizar programas, softwares e até aplicativos muito mais evoluídos. 

Portanto, não é difícil imaginar que sua concorrência já deve estar aplicando tudo isso no mídia kit dela.

Além dessa concorrência entre marcas e empresas, outro motivo para você fazer uma apresentação comercial memorável é que seus próprios parceiros em potencial também evoluíram e estão mais exigentes do que há dez ou vinte anos atrás.

Da mesma forma, quando uma empresa de terceirização de recepcionista decide aplicar essa ação de marketing em seu blog, ela já precisa ter uma marca amadurecida, com uma identidade verbal firmada e também uma identidade visual.

Ou seja, além da filosofia de trabalho e da missão do negócio, é preciso transmitir esses valores de modo diferenciado, mostrando profissionalismo no slogan, no logotipo, na tipografia e até mesmo na paleta de cores.

Sem falar, naturalmente, na questão do tráfego que esses blogs geram, pois, no fundo é isso o que vai atrair os parceiros. 

Leia também:


A importância do midia kit

Hoje não são apenas blogs de empresas que já existem que vendem seu tráfego, mas também geradores de conteúdo.

Neste sentido, qualquer pessoa pode criar um blog ou portal digital de conteúdos e, com base na quantidade de visitas que receber, começar a cobrar para que outras marcas e parceiros anunciem seus produtos ou serviços ali.

Sem nos esquecermos dos famosos influencers digitais, que nos últimos anos despontaram como um dos principais veículos de divulgação das marcas. São pessoas carismáticas que atraem multidões de gente, como algo que o marketing pode canalizar.

Até porque, quando uma loja de cadeiras para escritório quer atingir o seu público-alvo, ela pode demorar meses ou mesmo anos até compreender a fundo qual a comunicação, o tom e o tipo de conteúdo que precisa criar para isso.

Se uma marca exagera demais no tom informal (ou no formal), por exemplo, pode criar vários problemas que acabam desgastando sua imagem perante o público. Já o influencer digital tem toda uma plateia prontinha para receber suas dicas.

Daí que surja o papel fundamental das parcerias comerciais e, como consequência, do mídia kit. O que serve para quem deseja crescer mais rápido, ou apenas para fortalecer sua marca e firmar seu nome entre as referências daquele segmento específico.

Também é daí que veio nossa decisão sobre desenvolver todo este texto especialmente voltado para o mídia kit, aprofundando em vários conceitos e características que tornam o assunto muito mais interessante e aplicável.

Sem falar no guia que segue abaixo sobre como fazer um documento desses, mostrando o passo a passo com todas as boas práticas da área. Além das explicações sobre a importância e o que esperar no curto, médio e longo prazo.

Um dos pontos bacanas disso é como os mídias kit evoluíram estrategicamente, de modo que hoje já podem ser aplicados a qualquer segmento do mercado, seja para quem presta serviços industriais ou quem vende uniformes para empresa.

No fundo, basta achar a marca certa como parceira, sendo aquela marca que deseja lançar mão dos melhores veículos de divulgação da atualidade, com isso aumentando seu tráfego, seu alcance, e naturalmente, suas vendas e negociações.

Desse modo, se o seu interesse mais urgente e legítimo é justamente entrar em cheio em uma estratégia relativamente simples, que pode ajudar e muito na hora de negociar seu tráfego e encontrar os melhores anunciantes, então basta continuar nesta leitura.

O que é e importância?

Já vimos que o mídia kit nada mais é do que um documento de apresentação comercial, embora essa definição seja simplista e não revele totalmente seu diferencial.

No fundo, o que vai fazer com que as marcas vejam em você o melhor anunciante para elas, é a maneira como você vai fazer essa apresentação.

Em termos formais ele pode ser um slide com fotos, textos ou mesmo vídeos, como veremos abaixo ao falar do guia de realização da estratégia. 

Já em termos de conteúdo ele precisa ser bem mais específico e assertivo, exigindo que o portal conheça bem sua história, seu segmento e os perfis do seu público-alvo.

Afinal, uma loja só vai querer pagar para aparecer em um blog ou perfil de rede social, se tiver certeza de que seus compradores em potencial frequentam aquela plataforma digital.

Desta forma, na prática os pilares essenciais de um bom mídia kit são:

Sendo assim, é preciso que com uma simples apresentação o anunciante veja um panorama completo de onde está entrando, ficando encantado com a oportunidade. 

Isso pode ser feito presencialmente, com a condução de um representante ou do dono do portal que vai gerar tráfego. Mas, também pode ser feito apenas com o disparo do documento, por e-mail ou por qualquer outro canal.

Sua importância consiste justamente no fato de que a concorrência já deve estar recorrendo a esse meio, então você com certeza não vai querer ficar para trás.

Sem falar no fato de que seus clientes em potencial também passam a respeitá-lo mais depois de verem um mídia kit bem feito. Portanto, o fortalecimento de sua marca depende disso em várias medidas.

Saiba agregar valor ao mídia kit

Se repararmos bem, hoje as maiores marcas do mundo não comercializam apenas produtos ou serviços, mas sim uma filosofia ou um verdadeiro estilo de vida.

Por isso, outro passo fundamental para seu mídia kit obter sucesso é você entender que ele precisa ser capaz de transmitir algum diferencial, mostrando que seu portal é capaz de agregar valor para aquele anunciante em potencial.

Assim, mais do que meros visitantes ou leads da área de automatização de portões, você mostra que seu público tem um interesse consistente nessa área, de modo a colocar a marca do parceiro em contato com algo que mudará a rotina dele.

Portanto, sua apresentação não deve focar apenas em tráfego ou número de visitantes, mas em sua filosofia, sua missão e seus valores de negócio.

 

Seja claro e objetivo

Ao falar que você não deve focar apenas em números, é preciso salientar que isso não implica deixá-los de lado, pois eles também são fundamentais.

Por esse motivo, depois de encantar seu parceiro com uma bela filosofia de marca, traga as devidas provas de que seu blog ou seus perfis nas redes sociais podem mesmo trazer visitantes e leads interessados em aluguel de notebook, por exemplo.

Assim, você mostra a faixa etária dessas pessoas, a profissionalização, o poder aquisitivo, a localização e até os interesses gerais, do que elas mais gostam de consumir, com os devidos detalhes sobre audiência, tráfego e relatórios.

Também é aí que entra a identidade visual, unificando seu logotipo, seu slogan, sua tipografia e até a paleta de cores, gerando uma melhor experiência ao parceiro.

Tenha flexibilidade

Por fim, lembre-se sempre de que o mídia kit é algo que atua na área de uma das maiores inovações dos últimos tempos, como algo que permite que uma pessoa se torne influencer e veículo de mídia, tal como uma televisão ou rádio.

Por isso, se você quer atrair anunciantes da área de salas coworking ou de qualquer outro segmento, é fundamental que tenha flexibilidade e faça propostas no caso a caso.

Assim seu mídia kit não fica engessado, de modo que seus modelos de parceria e de serviços atingirão muito mais gente, inclusive com planos diferenciados de fidelização.

Considerações finais

Portanto, entender o universo de um mídia kit é fundamental para quem deseja anunciar um espaço no seu blog ou nos perfis das redes sociais.

Acima explicamos em detalhes o que esse documento é, sua importância e como montar um que seja realmente infalível para atrair os melhores anunciantes.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.




Quer saber como melhorar o posicionamento do seu site?
Ou, talvez você queira apenas fazer o seu melhor #anunciodevenda ...
SIM. QUERO SABER MAIS!


No Blog do Convidar publicamos dicas de como anunciar mais com anúncios de vendas mais eficientes. Da mesma forma, dicas de como fazer propaganda grátis na internet de maneira muito fácil.

Como funciona | Nossos Serviços | Análise gratuita  |  Fale Conosco  |  Anuncie Melhor  |

Certamente, gostaríamos de saber sua opinião, suas dicas e comentários. Aproveite o espaço abaixo reservado para a pessoa mais importante no nosso trabalho. Você!

 

Sair da versão mobile